“Pai nosso, filhos dos homens,
Tu estás no alto reino celeste,
Santo seja Teu nome em cada palavra.
Possa Teu poderoso reino vir.
Possa Tua vontade ser feita sobre todo este mundo,
assim na terra como é
lá nas alturas do alto reino celeste.
Nos dê apoio a cada dia, bom Lorde,
Teu sagrado auxílio, e nos perdoe, Guardião do Céu,
nossos muitos crimes, assim como nós fazemos a outros seres.
Não permita que pequenas criaturas malignas nos desviem
para fazer suas vontades, como nós merecemos,
mas nos ajude contra todos os atos malignos”.

Heliand, Canto XIX
(excerto)

Sobre o projeto: O Projeto Heliand é um desdobramento do projeto temático projeto temático Angli-Saxones et Antiqui Saxones e tem por objetivo a tradução comentada e a análise crítica do poema conhecido pelo nome Heliand (i.e., “Salvador” ). Composto no idioma saxão antigo (Old Saxon) por volta do século IX na região da Saxônia, possivelmente no scriptorium de Rabano Mauro, o poema narra a vida de Cristo a partir dos quatro Evangelhos; adaptando-a ao cenário, usos e costumes da cultura do mundo germânico da Alta Idade Média. Este projeto se baseia nas duas cópias mais completas existentes da obra, sendo um dos manuscritos de origem dos tempos da Germânia Imperial (atualmente em Munique) e outro dos tempos da Inglaterra anglo-saxônica do século X (da região de Winchester). Tradicionalmente, estudos e traduções sobre Heliand possuem uma tradição que remonta ao século XIX da academia alemã e já no século XX na academia norte-americana; mas ainda assim com uma abrangência restrita a certos círculos de pesquisa. Até a atualidade, a única tradução completa do poema para uma língua neolatina foi realizada em francês no ano de 1898. Sendo assim, este projeto pretende apresentar ao público a primeira tradução em língua portuguesa a partir do original em saxão antigo do poema a fim de divulgar tal documentação e auxiliar no fomento de pesquisas. Além de analisar as particularidades e os elementos semânticos, sócio-culturais e religiosos presentes na obra e sua importância para o período. As transformações sócio-políticas, culturais e religiosas ocorridas no Continente entre os germânicos principalmente entre os saxônios – e seu relacionamento com a Inglaterra do assim chamado Período Alfrediano (séculos IX ao X). Analisando detalhadamente as influências mútuas entre as duas regiões durante o período selecionado, tendo o poema como uma verdadeira ponte entre ambas as culturas. Explorando, desta maneira, de forma abrangente este período da história do medievo norte-europeu.

Tradução: em andamento.

Integrantes: [Elton O. S. Medeiros][Vinicius Cesar Dreger de Araujo]

 

Publicações Relacionadas

ARAUJO, Vinicius Cesar Dreger de. The Saxon Saviour -­ New Readings on the Ninth Century’s Biblical Epic,The Heliand”
Projeto Cædmon